quarta-feira, 4 de março de 2015

E no fim de tudo, ainda restarão histórias pra contar


E no fim de tudo, ainda restarão histórias pra contar. Histórias de fins de tardes e de noites de verão; de beijos na chuva e das flores da estação; de doces recordações e das loucas horas de Amor; de finais não tão felizes, de tristezas e de dor. Mas ainda assim, restarão histórias pra contar... e quem sabe o contador de histórias possa reescrever algumas? Quem sabe (ao menos nessas histórias), as coisas possam tomar rumos diferentes? E talvez em algumas delas, possa haver desfechos diferentes e finais felizes? Tudo é possível enquanto ainda houverem histórias para contar e um contador de histórias disposto à conta-las.

Dreamker (Denis Correia)
26/02/2015-00:51

Depois do texto:

No fim de tudo, sempre restarão histórias pra contar. Sempre haverá uma história mal resolvida, um adeus que nunca ocorreu, algo que nunca foi dito ou um momento onde uma escolha diferente poderia ter mudado o rumo dos acontecimentos. Em algum lugar, em algum dia ou em algum momento, alguém contará essa história. Uma história do que foi... do que poderia ter sido... e do que nunca chegou à ser. E no fim de tudo, ainda restarão histórias pra contar... quem quiser, que conte a sua do seu jeito.

Dreamaker, 26/02/2015 - 00:58

N.D.A.: Tem momentos em que a inspiração me surpreende e me assombra. Eram quase uma da manhã e eu estava fazendo a resenha de uma história em quadrinhos (Elektra #3) para o site Baile dos Enxutos (no qual sou redator) quando a ideia desse texto atravessou a minha mente. Interrompi imediatamente a resenha e vim escrever o texto antes que a idéia se perdesse. Escrevi praticamente tudo de uma só vez e depois que terminei fui ler... e me impressionei com o que acabara de escrever. E no “Depois do texto”, ainda escrevi mais coisas ainda. Histórias para contar... quem não as tem? E quem não gostaria de ter a oportunidade de conta-las ou reescreve-las de outra maneira? Eu escrevo... e considero isso um Dom... então, eu agradeço por esse Dom de dar forma e conteúdo à essas coisas que chegam de repente sem avisar e que me enchem de assombro. Agora, deixa eu voltar pra resenha, pois são 01:06 e eu ainda pretendo editá-la e posta-la ainda hoje... sendo que vou levantar às 06:00 da manhã para trabalhar. Então, fui!!!


E enquanto isso, no Recanto das Letras:






Estes e outros textos inéditos de minha autoria, você encontra apenas no Recanto das Letras. Caso goste dos textos, comente interaja e participe.